Reflexão: Seu fave é apenas um rosto bonito e não entrega talento.

Hoje eu estava discutindo com adolescentes kpoppers – erro meu – sobre talento de idol. E eu discordo em todas as hipóteses possíveis, que nem todo idol que está em grupo, é talentoso OU é uma peça essencial para o grupo em que está inserido.

Aqui nesse post, eu irei trazer uma reflexão pessoal sobre idols e a indústria do K-pop.

Desde que o mundo é mundo, as posições e tarefas existem em grupos de K-pop e cada membro é escolhido para desempenhar uma determinada função e – nem sempre – é por essa pessoa ter talento vocal, ou se destaca na dança ou até mesmo tem aptidão para rap. É unicamente pelo fator de: ser bonita ou carismática ou angariar views no país de origem (caso for uma idol estrangeira).

E quer ver exemplo melhor e recente disso?

No reality “My Teenage Girl” que é para escolher umas gatinhas para debutar em um girlgroup, logo na seletiva, meninas verdadeiramente talentosas – porém fora do padrão coreano – não foram sequer cogitadas pelo público votante para dar as caras e passar pela próxima fase, já logo em seguida, duas meninas completamente incompetentes e sem talento nenhum, foram votadas para passarem pela próxima fase, apenas por serem bonitas.

Não é atoa que a Soyeon deu essa comida de rabo aqui:

Pois a Coreia valoriza muito mais uma idol ser bonita e carismática do que ter algum talento vocal/dança/rap e é por isso, que na maioria das vezes, que você vê idols com uma beleza padrão porém não tem nada que o faça destacar além da beleza, não tem uma skill baseado no vocal, dança ou rap que seja realmente marcante, ela está ali fazendo o que é exigida para fazer e só. E os fãs, levam isso como se fossem extremamente talentosos.

E gente, na boa? Tá tudo bem também! Não é culpa dessas pessoas menos afortunadas de talento estarem no grupo e sim, da própria indústria, que valoriza mais um rostinho bonito do que de fato, talento. E sabe porque muitos grupos possuem pessoas assim? O grupo precisa vender! E o que vende mais por lá? Um rostinho bonito ou um vozeirão? Óbvio que o rostinho bonito! Parafraseando um amigo Kayo: “Coreia liga se o rosto é bonito, talento é só um plus“. E é sobre isso aqui!

Um grupo de K-pop nunca foi feito apenas de pessoas talentosas, pois cada uma ali desempenha uma função e nem sempre, é a de ser talentosa. A única coisa que me incomoda nisso tudo é os fãs acharem que esse tipo de idol é o apogeu do talento e qualquer um que fale diferente disso, é hater.

Agora tem algumas pessoas que estão ali apenas para preencher a cota, ou até mesmo para ganhar uns trocados de fanbases internacionais, pois possuem apenas o básico dos básicos. Geralmente essas pessoas são aquelas que aparecem para dar um “hey” e some novamente. E justamente esses idols que apenas aparecem para falar “hey” são os que são mais dispensáveis no grupo, daqueles que não acrescentam em nada, não sustentam nada além do rosto bonito ou das views estrangeiras e só fazem lipsync no palco pois não tem fôlego para sustentar uma live e na maioria dos casos, são as mesmas que vocês imploram por ter mais lines ou destaque e continuam não tendo, justamente por não terem o que entregar. E continua tudo bem. Só parem de ficar tratando como se isso fosse talento, o que não é.

_

Ai enfim, foi apenas uma reflexão pessoal minha e nem é para ser levado muito a sério. Lidem da forma como quiserem, não é meu papel de ficar avaliando ninguém, só de curtir e opinar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s